Barra

Em suas andanças pelo sertão baiano, Otoniel conheceu uma das regiões sertanejas, que mais lhe impressionou: os brejos da Barra. São paisagens inigualáveis onde veredas e dunas atravessam caatingas, feito imensos oásis, até se debruçarem no rio São Francisco.

Os brejeiros são seus nativos adoráveis e pacíficos que labutam com uma indústria rústica de moendas de bois, engenhos e casas de farinha, nos inúmeros distritos remotos do extenso município da Barra,  oeste da Bahia.

         A Barra foi outro banquete de inspiração para o pintor que produziu mais de 40 telas. Estas obras estão catalogadas no seu 12º livro temático, onde o artista reuniu com suas pinturas, fotografias de Eduardo Peixoto, desenhos de Fernando Queiroz e os mais belos poemas de Deocleciano Martins, inspirado em sua terra natal.

|||bnull|||news c05|c05|b01 c05|login news c05|c05|c05|content-inner||